Primeiras impressões sobre Genebra

Cheguei, gente! Genebra é uma cidade linda e cheia de verde. É fofa e aconchegante. Ontem o dia estava muito agradável: fazia sol e um friozinho gostoso e ameno. Estou provisoriamente num albergue perto da Rue de Lausanne, que me parece ser a avenida principal do centro da cidade. Ela desemboca na estação de trem (Gare Cornivan) e tem lojas e restaurantes do mundo inteiro (tentei fotografar uma sequência de placas pra colocar aqui, mas a foto tá péssima! Vou tentar durante o dia…)! Almocei num lugar bem legal: comi uma super salada com cogumelos e tudo e um penne com beringela. Um dos donos/ garçons do lugar, um moreno com o sorriso mais bonito que já vi, foi extremamente simpático comigo (tão simpático que pediu meu telefone. Pena que não tenho telefone aqui ainda, hehehe) e me deu algumas dicas de como obter informações para alugar quartos mais baratos (menos de 700 CHF, que foi o preço que consegui).

À noite, comi rolinhos de primavera num restaurante chinês. A dona, uma velhinha de coque, foi muito, muito, muito educada comigo! E me deu um jornal de distribuição gratuita (do qual o carinha já havia me falado) em que tem horários de cinema e programação de shows de rock! Descobri que vai ter show do Heavy Trash (aquela banda nova do cara do Joe Spencer Blues Explosion) e do Peacocks na mesma noite em Lausanne, uma cidade vizinha. Fui também à estação de trem para (tentar) comprar um bilhete para Grenoble (para onde vou daqui a pouco para visitar o querido Adilson, que parte amanhã para o Brasil.

Bom, por enquanto não tenho muito o que contar… (Afinal, só comi e dormi, basicamente : p) Só que todos são simpáticos, niniguém  parece daqui e meu francês é muito acadêmico (não tenho vocabulário de rua, impressionante! Sei falar “Estou com vergonha” -pq estudei emoções no mestrado -mas não sei falar “Eu gostaria de uma colher, por favor” (não lembro como é ‘colher’ : p) , mas meu inglês me salva em situações cotidianas. Entendo o que as pessoas me falam na rua, mas numa conversa de mais de três frases, preciso que repitam mais uma vez. Enfim: acho que vou sobreviver! Amanhã eu conto sobre minha ida a Grenoble. E prometo que os posts não serão um mero diariozzinho gastronômico, heheh.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: