Eu já sabia, Galvão

Ou o teor da entrevista de Serra no JN (Quando achar necessário, falarei da Marina tb):

1- Apesar de incisivo em alguns momentos, o Bonner não foi, nem de longe, grosseiro e agressivo como foi com a Dilma. E interrompeu o Serra muuuito menos do que às outras duas.

2- Bonner foi “curiosamente” incisivo ao falar da parceria PSDB-PTB, ressaltando, obviamente (assim como fez nas duas outras entrevistas), o mensalão… do PT (ah, sim, porque o mensalão do DEM – esse super partido político que faz chapa com o Serra – não faz a menor diferença, não é verdade?).

3- Serra é a favor da privatização das estradas federais, ao que tudo indica. Afinal, o fim (75% de aprovação das estradas) JUstificam os meios (pedágios absurdos), não é verdade? Quais serão as outras privatizações pelas quais Serra lutará?

4- Serra se esquivou do fato de não criticar o Lula, de não comparar os governos Lula e FHC (esse dele de “olhar pro futuro” também tá cansando…) e ressaltou suas “origens humildes” no fim do debate. Será por quê, hein?

Depois dizem que é tudo “paranoia petista”. Não seria mais honesto que a Globo simplesmente se posicionasse a favor de um candidato, em vez de brincar com a nossa inteligência e se dizer imparcial?

PS: Interessante esta crítica do UOL.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: